CuriosidadesDicas

O café e o ponto certo da água

cafe-e-o-ponto-certo-da-agua

Caso você seja um fã de carteirinha da bebida, sabe que o café e o ponto certo da água estão diretamente relacionados e que um depende do outro para uma bebida gostosa.

No entanto, se você gosta de café, mas não se interessa tanto pelas peculiaridades que o tornam uma bebida deliciosa, talvez não tenha tanto conhecimento sobre esse fato.

Nesse artigo, vamos abordar algumas dicas para que você entenda melhor a relação que existe entre o café e o ponto certo da água e como esse último fator é capaz de alterar o sabor final da bebida.

Leia também: Benefícios do café – conheça 20 benefícios para a saúde

5 curiosidades sobre o café e o ponto certo da água

1. Qual é a temperatura ideal da água?

Um dos temas mais polêmicos sobre o assunto é sobre a temperatura da água para o preparo do café.

Existe um grande mito sobre a água precisar ferver, no entanto, está errado! Isso porque quando você passa a água pelo pó a uma temperatura tão alta (em torno de 100°C), o pó de café é queimado e, consequentemente, tem seu sabor alterado.

Por outro lado, se não esquentar o suficiente, a água mais fria do que o necessário acabará não extraindo compostos importantes e a bebida resultante não será a ideal.

Bom e qual é a temperatura correta então? Veja bem, o certo é deixar a água esquentar até atingir entre 92°C e 96°C, pois dessa forma é certeza de que as substâncias do pó de café passarão para a bebida.

E como saber quando a água chegou a essa temperatura?  Simples: no momento em que as primeiras bolhas começarem a aparecer você deve tirar a água do fogo. Lembre-se de não deixar ferver!

2. Qual é o tipo de água que deve ser utilizado?

Essa é uma pergunta que pode acabar passando batida, mas que na realidade é muito importante.

É preciso entender que não se pode usar qualquer água para o preparo do café. Se você usar, por exemplo, a água da torneira, o gosto e a qualidade da bebida podem ser alterados.

Caso esteja se perguntando as razões dessa regras, saiba que a água da torneira vem com uma alta quantidade de cloro, podendo conter impurezas. Mesmo que ela seja fervida, continua não sendo ideal para fazer o café.

O correto é utilizar água filtrada ou mineral, que são garantia de um líquido puro e limpo e que não irá interferir no sabor da sua bebida.

3. Quais são as proporções adequadas de água e café?

Outro ponto importante relacionado à água é a quantidade. Podemos falar de algumas medidas que são o “padrão”, mas as variações podem ocorrer conforme o seu gosto. Caso prefira uma bebida forte, por exemplo, o ideal é adicionar mais café do que o recomendado nesse artigo.

Para se ter uma ideia, a proporção deve ser de 10g de café para cada 100ml de água. Lembre-se, no entanto, de que esses números podem variar um pouco conforme o método utilizado para o preparo da bebida.

Um exemplo é o café feito com uma cafeteira expressa, em que a proporção pode mudar: 10g de café para 50ml de água.

4. Como a água influencia no modo de preparo?

A utilização da água no preparo do café varia muito conforme o método escolhido. Há, por exemplo, tempos diferentes de infusão que devem ser respeitados (falaremos sobre isso em seguida).

Além disso, a água deve ser colocada no pó da maneira correta. Não jogue-a de qualquer maneira: despeje a água em movimentos circulares e lentos, até que todo o pó seja coberto e forma uniforme.

5. Qual é o tempo de infusão correto?

A infusão é uma das etapas mais sensíveis durante o preparo do café.

Quando falarmos sobre o café e o ponto certo da água, também não podemos nos esquecer do tempo de infusão adequado. Um erro aqui e o sabor do seu café pode ser alterado, portanto, preste atenção nas dicas.

Leia também: Medidas para fazer café – menos cálculos e mais testes

A infusão é aquela hora em que a bebida enfim ganha todas as suas características que a tornam única.

Confira, abaixo, os tempos de infusão corretos:

·       Moagens finas – até 4 minutos

·       Moagens médias – de 4 a 6 minutos

·       Moagens grossas – de 6 a 9 minutos

Outros erros comuns a serem evitados no preparo do café

Agora que você já entendeu como o café e o ponto certo da água são importantes para que a sua bebida fique perfeita, não deixe de se atentar também a outros aspectos importantes durante o preparo.

Existem algumas “lendas” e práticas equivocadas que todo mundo já cometeu alguma vez na vida quando foi fazer um café.

1. Nunca reutilize o pó de café

Já passou pela sua cabeça utilizar mais de uma vez o pó de café? Por favor, se esqueça disso!

Assim que usar o pó, descarte a borra ou utilize-a com outros objetivos, como por exemplo, desodorizar a geladeira e adubar as plantas.

Leia também: Borra de café, cafeomancia e café turco

2. Não use pó velho

O ideal é sempre priorizar o pó moído na hora utilizando moedor e grãos, mas caso use os cafés pré-moídos, após abrir o pacote mantenha o pó em um pote com tampa e boa vedação. Procure não demorar muito para consumir.

3. Não reaqueça o café frio

Outro erro muito comum para os iniciantes, mas a partir de agora elimine esse hábito, pois reaquecer altera o sabor da bebida.

4. Não mexa o pó após colocar no filtro

Por fim, lembre-se de que não é necessário mexer com uma colher o pó depois de colocá-lo no filtro ou no coador.

Experimente novos modos de preparo para o seu café

Já está sabendo tudo sobre como preparar o seu café, não é mesmo?

Então está na hora de passar na loja online da Delgrani e conferir os variados produtos de alta qualidade que estão te esperando!Diferentes tipos de cafeteiras, pós de café e utensílios incríveis com preços incríveis. Clique aqui e acesse a loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *